Maria de Verdade

¨Glenda de Verdade"

Dessa vez será diferente, quem vai contar a história será João / Glenda:


"Olá Marias, meu nome é João Paulo, eu tenho 21 anos, sou mineiro, Poderoso Cacheado - Criador de Conteúdo  e em 2017 comecei a me montar como drag por diversão, e no fim das contas esse hobbie tomou proporções maiores e acabou rendendo até alguns trabalhos, e a convite da Thais FES e  à quem agradeço desde já pelo espaço para minhas palavras, vim por meio deste artigo falar sobre um pouco de minhas vivências enquanto LGBTQIA+.


Nos tempos atuais não é novidade para ninguém que a comunidade LGBT tem conquistado seu espaço, obtido certo tipo de reconhecimento em mercados que se abriram para outros tipos de cabelo, outros tipos de pele, outros tipos de corpos e eles também se abriram para outros tipos de sexualidade. Mas o que muita gente não sabe é que torna o assunto meio complexo é: Gênero e sexualidade, e isso confunde muito as pessoas porque são dois pólos que não tratam da mesma coisa.


 Ao falar de gênero estamos nos referindo a sigla "T" representada por transexuais, travestis, transgêneros (e, outras pessoas que se encaixam nessa nomenclatura).e é a sua expressão de nascimento, é sobre o seu papel na sociedade. "trans", é uma partícula grega que quer dizer: "além". Transgênero, está além do gênero. Transexual, está além do sexo.

Quando falamos de da sigla “Q” nos referimos pessoas QUEER, são, pessoas que não se identificam com padrões, binários de gênero.

Quando nos referimos a sigla “I” estamos falando de Intersexuais, e o que isso significa? são pessoas que ao nascerem, olhando ou não, não tem genitálias ou aparelhos sexuais. o que é muito comum, pessoas que nascem com a genitália feminina, no entanto, com um aparelho reprodutor masculino e essa sigla é muito importante, para que a gente entenda que corpo físico não define gênero nem sexualidade.

Quando falamos da Sigla "A" representa pessoas, que são assexuadas. Assexual, é a pessoa que não se sente: apta, capaz, ou afim de performar sexualidade nunca.

Quando falamos do “+” falamos dos demissexuais, pansexuais e intra-sexuais. Eu, enquanto me identifico enquanto homem gay, cis, e branco me sinto no dever de pautar essas outras siglas da bandeira em primeiro lugar, pois todo este movimento se trata de inclusão.


E para você que não conhece a respeito do assunto, mas está aberto a aprender mais sobre, deixo aqui uma lista de canais que abordam este conteúdo de forma simples e didática de forma gratuita:


  1.  Rita Von Hunty

  2. Jonas Maria
  3. Canal Lesbicando
  4. Canal das Bee
  5. Gabriel Comicholi
  6. Bianca Dellafancy
  7. Luísa Marilac
  8. Silvetty Montilla


No Poderoso Cacheado trago conteúdo para cacheadas e crespas, tenho Blog Poderoso Cacheado onde trato de diversos assuntos além dos cabelos cacheados, como também Sáude Mental durante a Pandemia.

No Perfl como Glenda  quando a pandemia passar você pode me contratar para fazer um set de DJ maravilhoso em sua festa pós corona. Acho válido ressaltar que o apoio a comunidade LGBTQIA+ não 

deve acontecer somente em junho, que é o mês do orgulho LGBT, a triste realidade é que as marcas geralmente não valorizam como deveria a mão de obra LGBT, muitas casas de festas contratam, mas em alguns lugares sem cachê, apenas com uma taxa de consumação, marcas que procuram para trabalhos publicitários mas em troca de marcações de arroba. é importante lembrar que somos pessoas como todas as outras, temos contas, obrigações e necessidades como qualquer outra pessoa, não se deixe enganar, as montações super glamourosas de drag queens custam tempo e dinheiro, valorize esta arte, pois esta é a fonte de renda principal de diversas pessoas. 

 Contudo, finalizo com a frase da Transexual, Laerte Coutinho que ocupa uma das mais importantes posições entre os cartunistas brasileiros. Além disso, dá uma lição de vida em todos. Conheça a "Laerte-se" disponível na Netflix


“Não gosto de ver o movimento LGBT como um nicho ou parcela. Vejo os LGBTs como pessoas que lutam pelo gozo do direito de todos, justamente contra um conservadorismo que quer excluir esse direito de uma parcela da população. Quem parcializa é o conservadorismo.


#dragqueen #loveislove #dragrace #LGBTtogether  #retrato#lgbtproud #lgbt #lgbtbrasil #pride #lgbtproud #lgbt #lgbtbrasil #pride #todassomosmaria #mariadeverdade #maquiagembrasil  #instabeauty #makeupmafia #maquiagem #mua #makeuplovers #beleza #loucaspormaquiagem #fotografia #photo #ensaiofotografico #portrait #retratosfemininos #cacheada #curlyhair #cacho